Concursos públicos vão abrir cerca de 90 mil vagas no ano



O Tempo, 06/01/2017

Em 2017, o Brasil deverá abrir cerca de 90 mil vagas em concursos públicos realizados por órgãos federais, estaduais e municipais. No ano passado, editais que eram aguardados pelos candidatos a um cargo público ficaram guardados, em função das restrições orçamentárias que atingiram órgão dos governos federal e dos Estados.

“Neste ano, teremos muito mais vagas abertas do que no ano passado, principalmente, no segundo semestre do ano, quando a crise econômica já estará mais controlada”, avalia o coordenador pedagógico do curso preparatório Pro Labore, Carlos Cruz. Entre os editais que devem ser lançados, ele destaca os dos tribunais, como Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Tribunais Regionais Federais e Tribunal Superior Eleitoral.

A servidora municipal Izabella Gracy Veloso Nunes pretende investir mais em concursos públicos neste ano. Ela acredita que a defasagem de servidores deve beneficiar os candidatos. “Vou voltar para o cursinho porque bons concursos serão realizados em 2017. Tenho interesse nas provas para procurador municipal (de Belo Horizonte) e do Tribunal Regional Federal”, diz.

Recém-formado em direito, Felipe Schmitberger está empenhado em passar em um bom concurso. “Minha meta é ser promotor de Justiça, mas me dei três anos para alcançar esse objetivo. Enquanto isso, vou fazendo outras provas até para treino”, conta. Só neste ano, ele deve investir R$ 6.490. O valor envolve livros, um curso preparatório e de especialização, além de um coaching específico para quem vai fazer concurso para o Ministério Público. “O coaching vai me ajudar a montar um plano de estudo”, conta Felipe que planeja estudar dez horas por dia.

Dicas para se sair bem em concursos
Planejamento financeiro. Quem vai estudar deve se planejar para ter dinheiro na hora de investir no projeto: cursos, livros e uma reserva monetária, se a ideia é não trabalhar para estudar.

Apoio familiar. É fundamental que a família saiba respeitar o momento do estudante. Ela deve estar consciente de que a pessoa precisa se concentrar, e não importunar no período de estudo.

Restrição social. É importante diminuir as atividades sociais e avisar aos amigos que está estudando, principalmente quando o plano de estudo exige uma carga horária maior.

Plano de estudos. Apenas as aulas, presenciais ou online. não são suficientes. É necessário definir a carga horária com um plano de estudo e não deixar a matéria acumular.

Redes sociais. A internet tem muito material disponível, tanto de conteúdo como de dicas de estudo. O Facebook conta com vários grupos de discussão sobre o tema.

Exercícios. Devem ser priorizados na hora do estudo, pois ajudam a consolidar o conhecimento.
 
 
Estabilidade ainda fala mais alto que boa remuneração
A estabilidade ainda é o grande diferencial para quem busca fazer concurso público. “Escolhi me dedicar aos concursos porque acho importante ter estabilidade”, conta a advogada Thais Mara Nascimento dos Santos, 24. Ela estuda atualmente para os concursos de soldado da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) e para o Curso de Formação de Oficiais (CFO), também da PMMG.

“Concurso tem essa vantagem (a estabilidade)”, afirma o artista plástico e professor Max Henrique Barbosa, 43. Ele passou no concurso do Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG) de Sabará, onde dá aula de artes, e aguarda o resultado de um concurso da Escola Guignard. Para Max, no caso da docência, a estabilidade é a grande vantagem, porque no “financeiro é muito ruim, e as condições de trabalho são piores ainda”, avalia.






HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO FIM DE ANO...
GABARITO PRELIMINAR DO IBGE PUBLICADO...
CFO-PMMG EDITAL 2020 PUBLICADO...
PC-DF TEM EDITAL PUBLICADO PARA ESCRIVÃO...
CONCURSO PÚBLICO DA PREFEITURA DE BETIM É RETIFICADO...
CALENDÁRIO DE 2020 DA OAB É PUBLICADO ...
Ver todas

Formas de Pagamento (Cursos Online)

Formas de Pagamento (Cursos Presenciais)

Certificação e Segurança

Reputação



(31) 3295-2500
Fale conosco