Concurso TJ-PE



Concurso do TJ/PE: edital será publicado até maio

JC Concursos, 21/03/2017

O Tribunal de Justiça do Pernambuco (TJ/PE) confirmou, no último dia 17 de março, a assinatura do contrato com a banca organizadora do seu novo concurso público, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). Além disso, na última semana, membros do IBFC se reuniram com representantes da diretoria geral e da Secretaria de Gestão de Pessoas do TJ/PE para dar início às definições do cronograma do certame. Com isto, ficou acertado que a publicação do edital deve ocorrer até maio, com aplicação das provas prevista para  agosto.

Serão abertas 60 vagas e cadastro reserva (CR) de pessoal para os cargos de técnico judiciário, analista judiciário e oficial de justiça.
 
Vale lembrar que antes do IBFC, o TJ/PE havia desclassificado as seguintes instituições: Metrópole Comércio Serviços e Soluções Empresariais; Inaz do Pará; Capellerry Consultorias; Consulplan; Sarmento Concursos; AOCP; CKM Concursos; e Fundação Vunesp.

Sobre os cargos do concurso do TJ/PE
O edital do concurso do TJ/PE abrirá oportunidades para as seguintes funções e especialidades: técnico judiciário na área judiciária (10 vagas); técnico na área de apoio especializado/programador de computador (CR); técnico na área de apoio especializado/suporte técnico (CR); oficial de justiça (10); analista judiciário na área judiciária (20); analista na área de apoio especializado/assistente social (10); analista na área de apoio especializado/pedagogo (CR); analista na área de apoio especializado/psicólogo (10); analista na área de apoio especializado/analista de suporte (CR); e analista na área de apoio especializado/analista de sistemas (CR).
 
A carreira de técnico judiciário é destinada aos candidatos com ensino médio e/ou curso técnico. O vencimento inicial corresponde a R$ 4.002,33.
 
Os empregos de oficial e analista judiciário requerem formação superior em diversas áreas de atuação. O TJ/PE oferece salário de R$ 5.215,28.

Último concurso TJ/PE
O Tribunal de Justiça do Pernambuco realizou, em 2011, um concurso com 203 ofertas, mais cadastro reserva de pessoal. Na ocasião, a banca organizadora foi a Fundação Carlos Chagas.
 
Profissionais com ensino médio concorreram aos cargos de técnico judiciário nas especialidades judiciária e administrativa; programador de computador; suporte técnico; e técnico em enfermagem.
 
O diploma de graduação foi exigido nas colocações de analista judiciário nas especialidades judiciária e administrativa; educador físico; assistente social; psicólogo; pedagogo; bibliotecário; fisioterapeuta; nutricionista; analista de sistemas; analista de suporte; odontólogo; cardiologista; clínico geral; ginecologista; neurologista; psiquiatra; reumatologista; traumatologista; oftalmologista; e contador. 
 
Todos os participantes passaram por testes objetivos com questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa, legislação aplicada, raciocínio lógico, noções de informática, direito constitucional, direito administrativo e/ou conhecimentos específicos.
 
A seleção foi regionalizada pelos seguintes polos: Recife, Região Metropolitana I, Região Metropolitana II, Mata Sul I, Mata Sul II, Mata Norte, Agreste Setentrional, Agreste Central I, Agreste Central II, Agreste Meridional, Sertão do Moxotó e Itaparica, Sertão do Pajeú, Sertão Central, Sertão do Araripe e Sertão do São Francisco.



Módulo Básico Para Concursos

Presencial

Ver detalhes
Módulo Básico Para Concursos

Presencial

Ver detalhes
Módulo Básico Para Concursos

   Online

Ver detalhes
Módulo Básico Para Concursos

   Online

Ver detalhes



GABARITO OFICIAL DO ENEM É PUBLICADO...
MPT PUBLICA NOVO EDITAL PARA PROCURADOR...
CONTAGEM TERÁ NOVO CONCURSO PÚBLICO PARA AUDITOR FISCAL...
UNIFICAÇÃO DO TJMG É SANCIONADA...
BLOQUEIO DE VERBAS DA PREFEITURA DE BETIM É SUSPENSO...
BOMBEIROS MG: NOVO CONCURSO PÚBLICO EM ANÁLISE...
Ver todas

Formas de Pagamento (Cursos Online)

Formas de Pagamento (Cursos Presenciais)

Certificação e Segurança

Reputação



(31) 3295-2500
Fale conosco