Concurso Bacen



BC: técnico tem maior demanda de apoio administrativo

Folha Dirigida, 04/04/2017

Das 2.460 vagas não preenchidas no quadro de pessoal do Banco Central (BC), 312 são no cargo de técnico. A função, que garante remuneração inicial de R$6.882,57, é a porta de entrada da instituição para quem tem pelo menos o ensino médio completo e deverá constar no pedido de autorização de concurso que será feito pela autarquia ao Ministério do Planejamento.

Carência é grande no setor de Meio Circulante
Caso a seleção seja autorizada, as oportunidades deverão ser distribuídas pelas áreas de suporte técnico-administrativo e de segurança institucional, como tem acontecido nas últimas oportunidades. A distribuição pelas áreas é feita conforme a necessidade da administração, mas para o presidente do Sindicato dos Funcionários do Banco Central no Rio de Janeiro (Sinal-RJ), Sérgio Belsito, a maior parte das chances deverá ser na área de apoio administrativo.
 
Isso porque, segundo ele, a maior necessidade de técnicos está no setor de Meio Circulante, que tem perdido mão de obra e utiliza servidores com essa especialidade. “O Meio Circulante está um deserto”, criticou o sindicalista. O setor é o responsável, entre outros, pelo saneamento das cédulas e pela identificação de dinheiro falsificado.
 
concurso banco central
 
Belsito explicou que a maior demanda de pessoal está no Rio de Janeiro, onde fica a matriz do Meio Circulante. Entretanto, a autarquia tem demonstrado interesse em concentrar as novas vagas em Brasília, onde fica a sede, com a carência nas demais localidades sendo suprida em sua maioria por servidores transferidos de outras localidades.
 
A necessidade no setor responsável pelo tratamento da moeda, no entanto, não pode ser mensurado, por causa de mudanças que estão sendo implementadas nas rotinas de trabalho, segundo o presidente do Sinal-RJ. Ele acrescentou que há necessidade também na especialidade de segurança institucional.

"Concurso já deveria ter sido realizado"
Sérgio Belsito, que já presidiu o sindicato nacional da categoria, criticou a falta de concursos para o banco. Na sua avaliação, considerando-se o cenário atual, o concurso “já teria que ter sido realizado”. O pedido de nova seleção do BC deverá ser encaminhado ao Planejamento até 31 de maio.
 
Além de técnico, a solicitação deverá ser para os cargos de analista (de nível superior, com iniciais de R$17.391,64) e procurador (bacharelado em Direito; R$19.655,67). O último concurso para os três cargos aconteceu em 2013 e foi realizado pelo Cespe/UnB.
 
superior, os iniciais são de R$17.391,64, enquanto que os procuradores iniciam a carreira ganhando R$19.655,67. Nesse último caso, é necessário possuir formação superior em Direito.






GABARITO OFICIAL DO ENEM É PUBLICADO...
MPT PUBLICA NOVO EDITAL PARA PROCURADOR...
CONTAGEM TERÁ NOVO CONCURSO PÚBLICO PARA AUDITOR FISCAL...
UNIFICAÇÃO DO TJMG É SANCIONADA...
BOMBEIROS MG: NOVO CONCURSO PÚBLICO EM ANÁLISE...
PREFEITURA DE BH ABRE CONCURSO PARA HOSPITAL ODILON BEHRENS...
Ver todas

Formas de Pagamento (Cursos Online)

Formas de Pagamento (Cursos Presenciais)

Certificação e Segurança

Reputação



(31) 3295-2500
Fale conosco